Confiance - Home

Fique por dentro

 

DOENÇAS DE PELE: DICAS E CUIDADOS

Data da postagem: 21/02/2019

Protegendo os cães do ambiente e das temperaturas extremas, a pele é um órgão que requer extremo cuidado e atenção, pois diversos fatores externos podem afetá-la e prejudicar muito a saúde e o bem-estar dos animais. Confira algumas dicas e informações importantes sobre algumas das doenças de pele mais comuns em nossos companheiros:

Parasitas: a picada e a presença de pulgas e carrapatos são uma das causas mais comuns das inflamações. Nesses casos, recomenda-se a utilização de produtos específicos para remover e prevenir o retorno desses parasitas na pele do cão.

Calos: outro problema muito comum e fácil de ser identificado. Essas zonas circulares secas e calvas aparecem nos "cotovelos" das patas, como consequência de apoio excessivo em superfícies duras ou rugosas. A longo prazo, os calos podem evoluir para úlceras e provocar sangramentos - o veterinário poderá indicar um tratamento através de um creme, além de recomendar um local mais adequado para o animal dormir e descansar.

Alergias: ocasionando coceira, vermelhidão e ressecamento na pele, as reações alérgicas podem levar à feridas e lesões graves. Antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, é necessário levar o animal à um veterinário, que através de exames será capaz de identificar qual o agente causador da reação alérgica.

Cistos e Tumores: mais comuns em animais de idade avançada, essas alterações podem ser benignas ou até mesmo cancerígenas. É essencial que o médico veterinário realize uma avaliação para decidir a forma de tratamento mais eficaz para o problema. 

Fungos: surgem nas áreas mais úmidas no corpo do animal e podem levar à diversos sintomas como pontos calvos, vermelhidões e até escamações. Existem shampoos especiais que auxiliam na prevenção e no tratamento, mas o veterinário também poderá receitar um tratamento específico com medicações de acordo com o grau de evolução do problema.

Sarna: resultado da presença excessiva de ácaros na pele do cão, é uma doença séria que provoca inflamação, queda de pelos e vermelhidão intensa. Muito contagiosa, a sarna deve ser tratada o mais rápido possível para que sejam evitadas consequências mais graves para o animal.

Lembre-se que, na dúvida, é essencial que seu amigo seja levado à um médico veterinário para que a causa seja identificada e tratada corretamente. Um problema simples pode evoluir para uma situação muito mais complicada que pode colocar a saúde do cão em risco.